sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

ALEGRIA DE VIVER



Ao amanhecer 
devemos mostrar gratidão,
vitoriar com afabilidade o milagre de cada dia,
ao raiar do sol, ao colorido das coisas,
ao perfume distinto:
antes frio, depois quente.
Ao primeiro bom dia, às palavras carinhosas,
ao sorriso amigo.
Quanta viveza o destino nos trás.
Quanta surpresa o mais tarde nos espera.
Quantos sonhos felizes serão realizados?
E mesmo radiante não obstante dali,
a proeza da indignação que profana os valores
da solidariedade, da amizade.
Irrita-se com o nascer do dia,
desagrada-se da claridade,
do colorido, do perfume das coisas.
Despreza os valores,
Chateia-se com o sorriso,
reclama de tudo à toa.
Mas no dia seguinte:
Quem não pôde ver o dia nascer?
felicitar-se pelo bem-estar,
contentar-se pela sorte,
agradecer.......Viver!


Emiliano P. Véras

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...