quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

MEDITAR




Quero falar de coisas que aprendi na vida
que o tempo não vai me fazer esquecer.
Quero lembrar do que vivi na escola
sem fatos de tirania ou discriminação.
Quero escrever na areia da praia
poemas que o mar jamais vai apagar.
Quero lutar pelo que acredito
sem ter que brigar pelo que faço
e sonhar, sonhar, sonhar....
Quem sonha tem muita vontade
e essa virtude é que alimenta a alma,
irradia os loucos pensamentos
e transforma a realidade.
Quero sentir na pele o ardor
do sol que queima sem machucar
e poder vivenciar todos os momentos
simples ou complicados...
Quero sentir na boca o gosto
insosso daquele teu beijo
que ficou vivo na lembrança
e dizer como é bom
amar, amar, amar.
Quero mergulhar em águas profundas
e resgatar o mais sublime desejo
que muitos não acreditam
na força das atitudes
voar, voar e voar.
Depois quando bem alto eu chegar
quero ficar lá parado,
só observando, talvez lendo
e esperando o fim chegar.



Emiliano Pinheiro Véras

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...