terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

JARDIM



     Um dia alguém me disse
que eu poderia ver a vida como um grande jardim.
Que a natureza do homem é simples, brilhante e colorida.
Que nascemos já sabendo o nosso destino
Que são com as rosas e os espinhos que embelezamos e ferimos.
E tudo é referenciado às cores sublimes:
As rosas vermelhas representando o amor sem fim.
As rosas brancas a paz que está chegando
e as coloridas representando as coisas boas da vida.
Também logo na porta desse jardim
é que devemos plantar um girassol
para representar a luz que iluminará
 e o sol que brilhará,
com a força que não há de deixar
 eu nunca desistir de lutar
pelo amor que ainda hei de conquistar e trazer
para morar dentro de mim no meu jardim .


Emiliano Véras



Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...