domingo, 11 de dezembro de 2011

ACONTECEU



"Não te culpo por não ter me amado mais, 
nem me culpo por não saber o que fazer por esse amor. 
Tudo aconteceu tão de repente, fiquei alucinado, 
apaixonado e não soube te amar!"


Emiliano Pinheiro Véras


Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...