segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

DIA SEGUINTE



          Sempre achei que na vida quem espera nunca alcança, que quando queremos alguma coisa devemos ir à luta, sair de casa mesmo, correr atrás. Mas o destino às vezes nos coloca frente a frente ao que mais queremos, na porta de casa. Nesse caso o amor bate sem pretensões e depois com a proximidade e a intimidade dos dias, vai se conhecendo e se apaixonando com o mais puro dos sentimentos, sem vícios, sem más intenções. 
          Sempre soube que para tudo na vida tem a hora certa, seja no trabalho, na alegria e até na hora de partir. Nunca devemos nos desesperar, ficar ociosos com o instante seguinte, com o que vem depois, mesmo não sabendo o quê, ele acontecerá. Devemos sempre viver o momento, solteiro ou acompanhado, trabalhando ou desempregado, pois nada é para sempre e o dia subsequente é para todos.

Emiliano Pinheiro Véras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...