domingo, 26 de fevereiro de 2012

FELICIDADE

 
Acordar com vontade de voar. Andar para todos os lados sem destino. Correr, pular, fazer coisas incontestáveis. Sair por aí, conversar com as pessoas, distribuir beijos e abraços. Levar flores para quem estiver doente. Ajudar quem precisar. Dar amor sem limites.
Hoje acordei assim, bem, feliz, colocando o som alto, sorrindo, fazendo carinho na vida. Agraciando o sol, a rua, o rumo que todo dia deverei seguir. O presente de estar vivo. Onde tudo se transforma, ilumina a escuridão, dá para sentir na brisa o perfume leve e limpo. Acompanhar o tempo, as horas como as únicas para serem vividas e intransferíveis, sem percalços, espinhos, gente feia (pessoa ruim). Quando nos encontramos feliz, fica difícil aquilo que trás baixo astral. Anula-se o mal, as coisas negativas. Só a luz do bem brilha com mais força e trás paz para os corações machucados com o fracasso. Que a felicidade ensine quem não tem esperança. Que o medo seja apenas uma simples lembrança para sacudir tanta graça.
Emiliano Pinheiro Véras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...