sábado, 31 de dezembro de 2011

FOI ASSIM




Acho que foi assim
tão simples, tão fácil
que compliquei a vida.
Você chegou de repente,
encantou e me apaixonou.
Eu não entendi, perdi a direção!
Meu rumo teu prumo,
minha astúcia tua exaustão.
Fiquei parado, caído, domado.
Depois que tudo estava dominado,
o sol escureceu, as sombras sumiram
e meu coração chorou...
chorou de saudades
que a lembrança multiplica,
os momentos de ternura enlouquecem a alma,
a magia do encontro petrifica.
Acho que estou assim
perto de ti não sei de mim,
longe de ti perco a razão.




Emiliano Pinheiro Véras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...