sexta-feira, 8 de novembro de 2019

TENTAÇÕES



Entre tantos desejos, 
Nunca vi atenção tão fatal 
Como a tua carne, 
Feita a minha n'alma? 
Dada a ti!

Por noites, eras, és tu  
A quem tenho procurado.
Talvez...
Já tenhas morrido a noção 
De limites meus! 

Erguei-me das cinzas 
De sua quimera, 
De suas tentações, 
Da monera de outras terras. 

Proponho-me a frente da jasmim 
Que só tu sabes ser 
E decoro os teus pensamentos 
Que me fazes a tua cobaia 
Dessa noite inteira.

Emiliano Véras e Levi Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...