terça-feira, 16 de novembro de 2010

A PAQUERA DO CIGARRO



Quando lhe vi a primeira vez caminhando na pista..
Sonhei em lhe ter como mais uma vítima.
Gosto de viciar corações,
deixando-os aos poucos, acabados!
Percorro seu corpo, suas veias e
descanso em seus pulmões.
A cada sugada que você me dá,
divirto-me com o seu desespero.
Estou apaixonado!
Tenho que lhe possuir
ou até mesmo lhe matar.
Não se preocupe.
Vai ser bem devagar!
Não posso lhe emagrecer
e acabar com sua fome
em apenas uma semana.
Tenho que ter paciência.
E assim que você estiver viciado em mim,
ficaremos nós dois na beira da praia.
Você com aquele bafo horrível e
eu sorrindo de sua cara.
Por ter sido mais um panaca
que se deixou apaixonar."



Emiliano P. Véras

Um comentário:

  1. Agora você pegou pesado com os fumantes. Que texto maravilhoso.......irei trabalha-lo na universidade com meus alunos!!!!

    ResponderExcluir

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...