sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

CAMINHADA



Eu não! Não vou viver limitado, sem ter ao menos insistido nos meus sonhos. Não vou desistir nunca de procurar a minha felicidade e se mesmo assim as pedras no caminho aparecerem, vou lapidá-las a cada dia até que meu caminho se torne uma linda estrada.

Emiliano Pinheiro Véras

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...