quarta-feira, 30 de outubro de 2019

IDEOLOGIA SANGRENTA



Nos louvores das sinagogas, 
choraram os corpos sangrentos 
de culpa e paixão. 
Morte aos religiosos! 
Cantos dos inocentes 
permanecem no espaço 
frio do Vaticano. 
Penetrando a alma dos que entram 
sem premissa ao perdão. 
Purgatório dos pensamentos latentes, 
equivocados da vida torpe. 
Veneno das veias sujas 
de atitudes inesperadas. 
A perca da insanidade, 
florando os traumas do coração. 
Destinando a indagação 
de qual verdadeira religião.

Emiliano Véras e Levi Lopes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TEMPO, TEMPO, TEMPO

A despedida " até logo!",  fortalece a paz que voltaremos  a qualquer hora nos encontrar.  A sonda os segundos, os minutos,...